Chega!

Selma Sueli Silva

Que horror e receio dessa maioria que cancela o que é diferente. Que ignora que a riqueza está na diversidade. Que julga sem conhecer. Que não conhece porque não estuda ou não vive a própria vida. Que não estuda e para no tempo. Não vive a própria vida para “jogar pedra na Geni” da vez. Que propaga que o diferente não tem sentimentos, na tentativa de coisificar o ser humano para aplacar a crueldade de seus atos.

Chega! Tem gente sofrendo, tem uma sociedade adoecida, tem um vírus nos convidando à mudança no relacionamento humano. Chega! Há talentos sendo perdidos e a mediocridade tomando a dianteira. Chega! Todos temos direito à vida e à felicidade. Só assim vamos construir uma sociedade digna, justa, humanizada e inclusiva.