Ética na pesquisa e formação de especialistas sobre autismo

O programa “Mundo Autista”, produzido e apresentado pelas jornalistas e escritoras autistas Selma Sueli Silva e Sophia Mendonça, lançou novo episódio nesta quarta-feira (16), intitulado “Ética na pesquisa e formação de especialistas sobre autismo”.  O episódio é o terceiro capítulo da série apresentada por Sophia com a pesquisadora, professora da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e mãe de autista Maria Luísa Nogueira.

Maria Luísa é uma das idealizadoras da Pós-Graduação em Transtorno do Espectro Autista (TEA) da UFMG, que oferece uma visão panorâmica e transdisciplinar sobre a condição. O curso veio como uma forma de formar especialistas com maior reflexividade crítica, visto as pesquisas que mostram o despreparo profissional acerca do TEA, oferecendo aulas práticas e teóricas. “A gente vai falar de várias técnicas, mas queremos que saiam profissionais com uma visão mais científica e, ao mesmo tempo, sensível. Montei o curso que eu queria fazer como aluna”, revela.

Ela também crítica propostas perigosas, tanto em termos diretos com intervenções invasivas e não comprovadas cientificamente, quanto ações que podem ser desrespeitosas ao visar a normalização da pessoa autista e pode ter um custo muito alto. “A ideia dos cursos que eu tenho dado é fazer esse movimento de reflexão bastante ético sobre nosso trabalho e como ele deve estar a serviço das pessoas quem a gente está trabalhando.”

O episódio completo encontra-se disponível no canal do YouTube “Mundo Autista” ou no vídeo abaixo. Os episódios anteriores da série com Maria Luísa podem ser acessados aqui e aqui.