Homenagem às Mães

Selma Sueli Silva

Mãe

Simpatia, telepatia… Empatia.

Ser mãe

é querer mais e ser mais.

Mãe

não entorna.

Esvazia-se para novamente se encher.

Questiona para responder e,

finalmente, relê.

Mãe 

enfrenta o sofrimento como processo

e faz dele a sua maior vitória.

Não escolhe, transforma.

Não lamenta, age.

Mãe

perdoa e se refaz, porque a mãe sempre

recomeça.

Com o filho e pelo filho.

Mãe não vem pronta

porque ser mãe é estado de vida.

*Do livro Dez Anos Depois, de Selma Sueli Silva e Victor Mendonça, pág 96